Organizações Não-Econômicas e Filantrôpicas
  • Aspectos Legais e Tributários
  • Por Gilberto José de Andrade Filho
  • Compre aqui
Estamos há 17 anos ajudando você a atingir os resultados desejados! Associe-se hoje mesmo! Nossos associados contam com atendimento personalizado
e acesso à nossa base de dados
Adquira já o seu livro

MEIO AMBIENTE

TRATAMENTO DE MADEIRA PODE CONTRIBUIR COM A PRESERVAÇÃO DE FLORESTA



O crescimento dos setores ferroviário, do agronegócio, elétrico e da construção civil no país resulta em maior demanda por madeira. Isso faz com que, atualmente, 650 mil hectares de florestas sejam destruídas a cada ano e apenas 525 mil repostos.

Para solucionar este déficit, que provoca o desaparecimento de 125 mil hectares por ano de árvores, especialistas apontam que uma das saídas seria aumentar o volume de madeira tratada no Brasil. Segundo dados da Universidade Federal de Viçosa, apenas de 3% a 5% das madeiras comercializadas hoje no Brasil recebem tratamento adequado, antes de serem utilizadas. Já nos Estados Unidos, o maior fornecedor do mundo em produtos florestais com matas nativas preservadas, este índice chega próximo a 90%.

Para o diretor de Assuntos Regulatórios, Coating e Preservação de Madeira da América Latina da Arch Química, Arnaldo Machado, esta situação é principalmente reflexo do preconceito quanto ao uso de madeira tratada, principalmente na construção civil, da falta de conhecimento dos usuários sobre as suas vantagens, do custo devido a falta de pronta oferta no mercado e de normas e especificações. ´´O Brasil continua carente de informações e de adequadas normas técnicas. Vale notar que as normas estrangeiras adaptadas nem sempre são adequadas para situação nacional´´, avalia.

De acordo com Machado, o percentual de madeira tratada seguramente poderia levar a uma redução do aumento do uso de madeira nativa. Isso porque a madeira não tratada pode durar de meses a poucos anos, dependendo da exposição ao ambiente, enquanto a preservada pode durar décadas, competindo, com vantagens de custo, com a madeira proveniente de fontes não-renováveis.

Atualmente, a madeira tratada é usada basicamente para confecção de três produtos: postes, moirões e dormentes.


Fonte: Ecopress (assessoria de imprensa)


Fonte: Ecopress
Contato (webmaster@rebia.org.br)

Fonte: Jornal do Meio Ambiente






Localização

Entre em contato

Contact form submitted

Links Úteis